O silicone nos seios é uma operação para aumentar o tamanho dos seios em mulheres com seios muito pequenos. Isto é geralmente alcançado pela colocação de um implante artificial sob a pele ou músculos do tórax.

A cirurgia nos seios é um procedimento que se tornou cada vez mais comum entre as mulheres, e as mulheres fazem esta cirurgia por uma série de razões.

Muitas optam por cirurgia nos seios simplesmente como uma questão de gosto pessoal. Elas podem sentir-se desconfortáveis porque acham que o seu busto é muito pequeno e, em uma sociedade em que um grande busto parece ser uma regra, muitas mulheres estão dispostas a fazer cirurgia para aumentar seus seios.

Algumas mulheres optam por cirurgia nos seios porque querem ir para uma determinada profissão, como modelo, dançarina exótica, etc e elas sentem que um busto maior vai ajudar.

Outras fazem cirurgia nos seios por razões menos superficiais, talvez devido ao tamanho diferente dos seios ou para corrigir o volume dos seios após a gravidez.

Razões estéticas ou cosméticas para cirurgia nos seios incluem:

  • Sentir que os seios são simplesmente muito pequenos ou fora de proporção;
  • Perda de volume nos seios após a gravidez;
  • Diferença de tamanho entre os dois seios;
  • Seios têm tamanho reduzido após perda de peso.

A cirurgia para implante de silicone nos seios geralmente é feita sob anestesia geral e pode ser realizada em um dia, sem a necessidade de passar a noite no hospital.

É importante lembrar que cirurgia nos seios é uma cirurgia como todas as outras, e qualquer cirurgia envolve um elemento de risco. Embora este procedimento seja realizado todos os dias e, normalmente, sem problemas, não há garantias em qualquer tipo de cirurgia.

Existem riscos quanto aos resultados da cirurgia que pode vir afetar sua gravidez, por exemplo, o resultado não pode ser tudo o que você espera, mesmo após o pagamento de uma grande quantia de dinheiro. Além disso, existem riscos mais sérios, como infecções, endurecimento, inchaço e cicatrizes.

Fonte: gravidez.awardspace